Gastronomia Saudável, Moda e Beleza

Algas marinhas: emagrecem e podem impedir transmissão viral

Algas marinhas para a saúde e a estética – certamente você pode ser uma daquelas pessoas que ironicamente pensam: ¨mais uma descoberta nutricional fantástica para emagrecer ¨. À parte a ironia, tens razão. Ela é fantástica e realmente ajuda a emagrecer, só não é tão nova assim. A prova disso é o uso milenar pelos orientais -, provas vivas da saúde e longevidade muito devido à sua boa alimentação. São mais de 500 tipos de algas e elas têm diversas funções, desde o tratamento de doenças à cuidados com o cabelo, a pele e na redução de medidas.

Em 2010, o bioquímico, doutorado Hugo Alexandre Rocha revelou que o produto, tipo composto por uma substância microbicida da alga Dictyota pfaffii, teria potencial de impedir a transmissão do vírus HIV, mas desabafou, dizendo ao site Ciência Hoje, que a indústria farmacêutica não teria interesse em pesquisar mais sobre o assunto e que ela chegasse ao consumidor. Rocha é um dos pesquisadores que verificaram a poder das algas no combate à tumores, transmissões virais, tromboses, bactérias, ação do sol e envelhecimento.

As algas, ou macroalgas como são melhor denominadas, ainda conseguem repor a falta de minerais no corpo, como explica a nutricionista funcional Eva Nunes Bittencourt. ¨As algas são ricas em sais minerais, como cálcio, fósforo, magnésio, ferro e iodo, além de vitamina K, que combate hemorragias e beneficia as funções do estômago e intestino¨, explica.

Os benefícios têm sido estudados em diversos setores. Uma pesquisa concluída em 2012 e desenvolvida pela Universidade de Copenhague, – na Faculty of Life Sciences (Life), aponta que as fibras das algas, em especial as castanhas  ou marrons (alginatos) têm o poder de aumentar a saciedade e levando a perda de peso, uma vez que ocorre a diminuição na ingestão de alimentos.

O dinamarquês  doutor Morten Georg Jensen, quem liderou esse estudo, mostra que as fibras dessas algas aumentam a sensação de saciedade e ajudam no emagrecimento. “Ao longo de um período de três anos, temos estudado o efeito de tomar doses diferentes de alginato. Somos capazes de demonstrar que os indivíduos saudáveis que tomaram alginatos e foram autorizados a comer o quanto quisessem sentiam menos fome e comeram menos”. Mas qual a explicação? O fato é que as algas formam um gel no estômago fazendo com que se tenha a sensação superficial de saciedade e permitindo que os indivíduos sintam menos fome. O resultado disso é uma redução do percentual de gordura.

Estética – não somente na digestão desses organismos o ser humano pode ser beneficiado. As algas também podem ser usadas para fins estéticos, como tratamento de pele e cabelos. Por isso várias marcas já têm manipulado as formulas criando suplementos alimentares, produtos para cabelo, pele e afins. Sua alta quantidade colágeno e sais minerais melhoram o aspecto da pele, combatem os furinhos de celulite, flacidez e rugas e aceleram o crescimento dos cabelos.

Algas nos cabelos – Assista


Os 8 Benefícios das algas marinhas para saúde
Fonte: Bolsa de Mulher

Fonte Natural de iodo: Como mencionamos acima, algas protege contra envenenamento por radiação devido ao seu alto teor de iodo. Iodo é também importante para a tiróide, sistema imunológico, e regulação hormonal feminino.

Saúde da tireoide: o iodo é essencial para o funcionamento saudável da glândula tireoide. Altos níveis de iodo nas algas ajudam a regular os hormônios da tireoide.

Câncer: Há muito tempo se sabe que as mulheres japonesas, cujas dietas são ricas em algas, têm menores taxas de câncer no ovário, mama e câncer do endométrio. Um estudo da Universidade de Berkeley descobriram que uma dieta contendo algas reduziu os níveis sérios de estradiol em mulheres e tinha propriedades phytoestrogenic.

Prevenção do Câncer: O fucoidan em algas marinhas tem a capacidade de induzir a apoptose (morte celular) em células cancerosas.

Endometriose: Um pesquisador descobriu que mulheres com endometriose que é suplementadas com 700 mg de cápsulas de algas por dia tive uma redução significativa na dor.

Anti-inflamatório: As algas contém fucoidan, um carboidrato complexo, que é um poderoso anti-inflamatório.

Antioxidantes exclusivos: alguns legumes contêm antioxidantes que não são encontrados em outros vegetais, os pesquisadores ainda estão descobrindo todos os benefícios que possam ter.

Ricos em ferro: As algas marinhas são uma grande fonte natural de ferro.

7 thoughts on “Algas marinhas: emagrecem e podem impedir transmissão viral

Comentário, pedido, elogio ou reclamação? Faça aqui.